As 5 maneiras de melhorar o seu desempenho na graduação

    Quem disse que ser um bom aluno é algo importante apenas na escola? Na verdade, ter um bom desempenho na graduação pode ter muito mais peso do que durante o Ensino Médio.

    O período da faculdade é fundamental para estabelecer a base da sua carreira. Por isso, é fundamental dedicar-se aos estudos, mas também aproveitar as oportunidades que surgem pelo caminho. O que for construído nessa fase pode ter um grande impacto no que acontecerá mais adiante, durante a entrada oficial no mercado de trabalho.

    Vale destacar que uma boa performance vai muito além de notas positivas. Se sair bem nos testes é um indicador favorável, mas isso não reflete todo o potencial do aluno. 

    Por que é importante ser um bom estudante universitário?

    É verdade que um diploma de ensino superior abre muitas portas, mas todo o caminho feito para chegar até o momento de conquistá-lo também é muito valioso. 

    Durante os semestres de graduação, entre outras coisas, é construída a média acadêmica ou coeficiente de rendimento, que pode definir o acesso a bolsas de estudo no exterior, por exemplo.

    Muitas faltas e a reprovação em disciplinas podem dificultar a participação em programas de estágio. A falta de disciplina também atrasa a conclusão do curso, além de não ser bem vista pelo professores e prejudicar as possibilidades de networking.

    O compromisso com a faculdade é o primeiro sinal do profissional qualificado que você será no futuro. Não apenas por ser estudioso, mas por demonstrar responsabilidade com os seus objetivos.

    5 formas de ter uma melhor performance nos estudos

    Está preocupado com o seu rendimento na faculdade? Então é hora de agir para mudar o cenário! A boa notícia é que com comprometimento e uma boa dose de organização é possível recuperar o fôlego e se destacar positivamente.

    Confira abaixo algumas maneiras de recuperar o tempo perdido e tornar a sua graduação um exemplo.

    Aprenda a gerir o seu tempo

    Como já foi mencionado anteriormente, organização será crucial neste processo. Faça um levantamento da sua rotina e monte um cronograma semanal. Mesmo que o período de estudos seja integral, planeje o restante do dia.

    Na época de provas ou de muitos trabalhos acadêmicos, você precisa saber quanto tempo terá disponível para estudar ou se dedicar. Isso só será possível com um planejamento e o cronograma lhe ajudará a não perder prazos, deixar tudo para a última hora ou esquecer datas importantes.

    Para quem faz graduação por ensino a distância, essa organização é ainda mais importante. Como não há uma obrigação de comparecer às aulas presenciais, a tendência é estudar quando dá e isso pode ser muito relativo. Tenha um horário definido para os estudos e respeite-os tal como se tivesse que se deslocar até a faculdade.

    Faça da graduação a sua prioridade

    Pense no seguinte: você está abrindo uma das portas mais importantes da sua vida, aquela que pode ditar o seu caminho profissional. Por que voltar a fechá-la? Por que não levar a sério o seu futuro? Não faz sentido, não é mesmo?

    Portanto, priorize. Mesmo que você tenha que trabalhar durante esse período, por exemplo, é possível conciliar as duas coisas de uma forma saudável. Concluindo o curso, você ainda terá a chance de atuar na área em que gosta e com um salário mais atrativo. Segundo o estudo “Education at a Glance”, a remuneração de um profissional com curso superior é cerca de 136% mais alta que a de um que estudou até o Ensino Médio.

    Esclareça as dúvidas

    Seja em um curso presencial ou em uma graduação EaD, interagir com os professores é importante para consolidar o aprendizado. Mesmo a distância, é possível enviar uma mensagem ou participar durante aulas ao vivo.

    Em qualquer momento oportuno, esclareça todas as suas dúvidas. Não guarde questões ou tente esquecê-las achando que não são importantes. Algo que não ficou bem esclarecido pode ser justamente o que vai cair na prova ou ainda facilitar a assimilação de conceitos incorretos.

    A participação nas aulas também permite que o professor tenha mais feedback sobre o seu aprendizado e interesse.

    Estabeleça objetivos e comemore as suas vitórias

    Alcançar objetivos sempre é algo estimulante. E essas metas não necessariamente precisam ser grandiosas nesta fase. Tenha sempre em mente onde quer chegar, mas faça o caminho por etapas.

    Determine, por exemplo, a nota que quer tirar em uma determinada disciplina ou ainda sair-se bem em um trabalho individual. Ao conquistar essas pequenas vitórias, você saberá claramente o caminho que está seguindo e terá mais estímulo para continuar o percurso.

    Faça pausas e descanse

    O nosso corpo e mente precisam de momentos adequados de descanso. A máquina deve parar de tempos em tempos para repor as energias e, assim, funcionar com força total outra vez.

    Por esse motivo, é primordial que, em momentos de estudo intenso, você se lembre de fazer pausas regulares. A assimilação do conteúdo será muito melhor. A mesma regra se aplica ao lazer. 

    Saia com os amigos no fim de semana, vá ao cinema, socialize e faça atividade física. Divertir-se e abstrair é muito importante para que na hora de estudar o foco mantenha-se e a procrastinação fique longe.

    De uma forma resumida, um bom desempenho acadêmico tem tudo a ver com equilíbrio. Dedicação e foco são tão necessários como não descuidar da vida pessoal. Esse meio termo é uma espécie de teste para o futuro (bem próximo) no mercado de trabalho. 

    Ter uma boa performance na faculdade e na vida só depende de você. Coloque essas dicas em prática e seja o(a) protagonista da sua própria história!

    Veja 6 estratégias para crescer profissionalmente!

    Nível de ensino

    Posts Recentes

    Posts por Tópico

    Veja Todos!
    c86dde3c-4f11-40fd-868c-33c22ea31281-hs_file_upload-Banner-Pós
    c86dde3c-4f11-40fd-868c-33c22ea31281-hs_file_upload-Banner-Vestibular

    Assine para receber atualizações no email!

    Manual do aluno Unis-optimized