5 dicas de como estudar durante a faculdade sem se estressar

    Quem disse que estudar durante a faculdade é tarefa fácil? Você provavelmente já descobriu que a vida de acadêmico é  bem puxada e que, muitas vezes, a sensação é que é impossível dar conta de tudo. O pânico de fim de período, por exemplo, deixa todo mundo de cabelo em pé.

    A boa notícia é que existem formas de lidar melhor com toda essa demanda sem comprometer o desempenho acadêmico. Com alguns ajustes, você conseguirá ter uma vida social, descansar e ainda descobrir como otimizar os estudos na faculdade.

    Você está sentindo que tem tanta coisa para fazer neste momento que a vontade é sair correndo das responsabilidades? Calma! Nós vamos ajudar! 

    Este post conta com dicas práticas para facilitar o dia a dia e fazer com que você tenha mais concentração na hora de encarar os livros.

    Organize a sua rotina

    Muito do estresse no momento de estudar tem a ver com a dificuldade em se organizar. Na correria, entre uma atividade e outra, fica difícil simplesmente parar, sentar e se concentrar automaticamente. O resultado é que os níveis de ansiedade começam a subir e o rendimento é muito baixo.

    Para que isso não aconteça, é fundamental fazer um cronograma da sua rotina com os horários das aulas, os compromissos, ou seja, tudo aquilo que lhe tomará tempo. 

    Esquematize os horários desde a hora em que acorda até a hora em que vai deitar e coloque essa programação em um local visível.

    Mesmo que ache que vai se lembrar de tudo o que precisa fazer, inclua no cronograma. Essa simples atitude, além de garantir que algo não  será esquecido, abrirá espaço na sua cabeça para assimilar o conteúdo estudado.

    Invista em um plano de estudos

    Ainda dentro do assunto organização, há mais que pode ser feito para se reduzir o nível de tensão com as matérias.

    O plano de estudos é uma excelente e eficiente forma de garantir que nenhuma disciplina ou assunto sejam esquecidos, distribuindo-os ao longo das semanas de maneira ordenada.

    Depois de fazer o cronograma da rotina, separe os horários que sobram para se dedicar ao estudo. Nesses blocos de tempo, vá encaixando o conteúdo a ser revisado ou abordado.

    Para facilitar, estabeleça pequenos objetivos que ajudem a quantificar o estudo e manter a motivação. Por exemplo, das “15h às 15h30, vou ler 10 páginas do capítulo 4 e fazer um pequeno resumo” ou das “16h às 17h, vou responder a 20 questões sobre o capítulo 6”.

    Esse é um método de estudo para a faculdade que, além de favorecer a proatividade, evita um acúmulo de matérias em períodos naturalmente exigentes, como a época de provas.

    Garantindo que está atualizado(a) com as disciplinas, a tensão não domina e as chances de notas baixas são praticamente inexistentes.

    Aprenda a priorizar e não procrastinar

    Às vezes, parece irresistível adiar por alguns dias o conteúdo que precisa ser estudado ou o trabalho que só tem que ser entregue no fim do mês. Tem tempo! Por que se preocupar com isso agora?

    Mas saiba que você pode ter muitas dores de cabeça quando o prazo apertar. Afinal, se pararmos para analisar, a recompensa oferecida pela procrastinação é bastante limitada.

    Faça uma lista de todas as suas demandas do curso e das datas em que elas precisam ser finalizadas.

    Se tiver com coisas acumuladas, vá priorizando de acordo com a urgência. Abra mão de outras atividades que não forem tão importantes no momento, se for necessário, para colocar tudo em ordem.

    Essa gestão de prioridades vale também para a forma como você encara a faculdade em si. Ter a oportunidade de fazer um ensino superior abre muitas portas seja a curto ou longo prazo, além de representar uma vantagem clara no mercado de trabalho.

    Será que esses não são motivos suficientes para se levantar do sofá, desligar a Netflix, ir para a aula e fazer o que precisa ser feito?

    Reserve um tempo para os seus momentos de lazer

    Não tem como estudar na faculdade 100% focado(a) integralmente sem ter acesso a momentos de descontração e lazer.

    Na verdade, privados dessas oportunidades de socializar e se divertir um pouco, ficamos muito mais tensos e incapazes de manter a concentração. Daí vem toda a procrastinação e a vontade de deixar os afazeres para depois.

    O cronograma da rotina e o plano de estudos ajudam a organizar o cotidiano e as demandas de forma que você tenha tempo para relaxar também.

    Combine de sair com os amigos, vá ao cinema, faça atividade física e (agora sim!) atualize as suas séries da Netflix. 

    Tente não comprometer as suas horas de descanso

    Se é impossível manter a calma quando não se tem uma pausa para diversão, imagina estudar estando cansado(a)? É a receita certa para o aumento da ansiedade e do estresse porque existirá uma maior dificuldade de assimilação e falta de disposição para aprender.

    Para evitar que isso aconteça, mantenha o seu cotidiano o mais alinhado possível para permitir que o descanso noturno não seja comprometido.

    Ao dormir bem, você permite recarregar as baterias, ajuda o cérebro a consolidar o que foi estudado durante o dia e ainda garante que estará bem para render assim que acordar.

    Será que depois de tudo o que foi visto neste texto você ainda acha que não tem como estudar na faculdade sem se estressar? Estratégias não faltam e garantimos que assim que elas forem colocadas em prática, a sua vida de universitário(a) vai mudar para melhor

    Confie na força da organização, do plano de estudos, respire e dê as boas-vindas a um período muito mais relaxado.

    Veja porque um plano de estudos é fundamental!

    Nível de ensino

    Posts Recentes

    Posts por Tópico

    Veja Todos!
    c86dde3c-4f11-40fd-868c-33c22ea31281-hs_file_upload-Banner-Pós
    c86dde3c-4f11-40fd-868c-33c22ea31281-hs_file_upload-Banner-Vestibular

    Assine para receber atualizações no email!

    Manual do aluno Unis-optimized