Dicas de como procurar trabalho e alcançar rápido um emprego

    Procurar trabalho, muitas vezes, é uma necessidade imediata. As contas continuam chegando, precisam ser pagas e não existe outra maneira de resolver a questão.Seja para ajudar a família com as despesas ou mesmo para iniciar a sua jornada no mercado de trabalho, encontrar um emprego rapidamente é possível, mas requer dedicação.

    Se você está nesta situação, prepare-se para apostar no seu perfil de candidato ideal e no poder dos seus contatos. Técnicas simples valem ouro diante de um mercado tão competitivo onde não basta apenas ter valor, mas saber como mostrá-lo aos empregadores.

    Selecionamos algumas dicas para procurar emprego e conquistar a vaga que, à primeira vista, podem parecer básicas. No entanto, são extremamente eficazes.

    Dê atenção ao seu currículo

    O currículo normalmente é o primeiro contato que você faz com o empregador. Nesse caso, aquele ditado “a primeira impressão é a que fica” faz total sentido. É um motivo mais do que suficiente para dedicar tempo e elaborar esse documento da melhor maneira possível.

    Mesmo sem qualquer experiência de trabalho, inclua a sua educação, os cursos que já fez e outras atividades que possam adicionar competências relevantes. Valorize a sua vontade de aprender.

    Seja sucinto(a) e tente transmitir tudo em apenas uma página. O recrutador precisa olhar para o currículo e entender em poucos minutos que você realmente tem potencial para futuramente te chamar para uma entrevista.

    Não se esqueça de fazer uma revisão para evitar os erros ortográficos e nunca adicione informações falsas. Com a internet e alguns contatos, é muito fácil verificar se algo procede ou não.

    Invista em networking

    Buscar emprego fica muito mais fácil quando você tem boas conexões. Segundo um levantamento realizado pela empresa de consultoria Robert Half, o Brasil é o 2º país do mundo onde as indicações são um dos fatores que mais influenciam as contratações.

    Apesar do mercado estar passando por uma fase de transformações que  prioriza cada vez mais as competências, nesta fase ainda é fundamental contar com as pessoas certas.

    Compareça aos eventos e encontros acadêmicos, tenha uma boa relação com os professores, relacione-se com os colegas de curso e também de outras áreas. Seja sempre autêntico nesses relacionamentos, pois essa é a garantia de que as pessoas vão conhecer o seu verdadeiro valor.

    E não selecione com quem você vai estabelecer uma conexão baseado(a) apenas no cargo ou no status. Nunca se sabe de onde pode surgir uma indicação ou oportunidade.

    Use as redes sociais como aliadas

    Não se engane: as redes sociais podem proporcionar muito mais do que vídeos fofos de animais e crianças. Há ali um espaço para que você possa projetar sua marca pessoal, conseguir novos contatos e até procurar vagas.

    Com mais de 600 milhões de usuários no mundo, o LinkedIn tornou-se cada vez mais popular no Brasil. O país, que está em terceiro lugar no ranking daqueles com mais perfis, dá cada vez mais valor à rede social profissional.

    Há empresas que iniciam os seus processos seletivos exclusivamente por lá e que nem chegam a anunciar as vagas. Os recrutadores têm mecanismos de busca específicos para encontrar os candidatos que mais se adequem às características das vagas.

    Faça postagens relevantes, pertinentes e interaja com as outras pessoas. Além disso, mantenha o seu perfil sempre atualizado, mostrando as suas experiências profissionais e formações.

    E-book do Unis: Guia prático de como obter um emprego rapidamente

    Esteja bem preparado(a) para as entrevistas

    Você passou pela fase de triagem do currículo. Agora é o momento de arrasar na entrevista e impressionar o empregador cara a cara. 

    Há muito nervosismo e ansiedade, é normal. Por isso, procure preparar-se o máximo possível para esse dia tão importante e que pode definir se a vaga de emprego é sua ou não. 

    Pesquise bastante sobre a empresa, não apenas sobre o cargo para o qual você se candidatou. Conheça a história, o que faz, sua missão e valores quais os principais produtos ou serviços. Isso pode não ser o assunto do encontro, mas ajuda você a se situar melhor, até em termos de linguagem utilizada.

    Treine as respostas que daria se lhe fossem feitas algumas das perguntas mais comuns neste período. Alguns exemplos são:

    • Fale um pouco sobre você;
    • Por que tem interesse em trabalhar na nossa empresa?;
    • Por que você acha que deve ser contratado(a)?;
    • Onde você se vê daqui a 5 anos?;
    • Quais são os seus principais defeitos e qualidades?.

    Quanto mais ciente estiver do que o(a) espera, mais fácil será dominar a situação de uma forma que seja mais favorável para você.

    Aposte na sua formação

    Quanto mais qualificação, melhor. O mercado de trabalho valoriza a frequência acadêmica e quem já está formado acaba por levar vantagem em processos de recrutamento.

    As empresas acreditam que são pessoas com um grau elevado de conhecimento técnico e um bom conjunto de competências sociais desenvolvidas durante a faculdade.

    Graduados e pós-graduados também recebem salários mais altos. Esse é um excelente motivo para continuar apostando na sua graduação ou pós-graduação.

    Vale a pena ainda investir em cursos de idiomas, no aprendizado de programas e técnicas específicas do seu setor.

    Faça dessa busca por emprego um processo de aprendizado tanto sobre o mercado como sobre você mesmo(a). Utilize todos os recursos que tem à disposição, mas sempre preservando a sua imagem e crescimento profissional.

    Precisa de mais dicas e quer acelerar de verdade a sua contratação? Confira o nosso e-book inteiramente dedicado a esse assunto!

    cta-unis-ebook-emprego-rapido

    Nível de ensino

    Posts Recentes

    Posts por Tópico

    Veja Todos!
    c86dde3c-4f11-40fd-868c-33c22ea31281-hs_file_upload-Banner-Pós
    c86dde3c-4f11-40fd-868c-33c22ea31281-hs_file_upload-Banner-Vestibular

    Assine para receber atualizações no email!

    Manual do aluno Unis-optimized