Como o empreendedorismo digital está mudando o mercado?

    Ter um negócio próprio deixou de ser sonho para passar a ser a realidade de muita gente. No Brasil, a tendência parece ter vindo para ficar. Só em 2018 foram registrados 58 milhões de brasileiros entre os 18 e os 64 anos envolvidos em atividades empreendedoras, de acordo com os dados do Global Entrepreneurship Monitor. Dentro dessa estatística está, sem dúvida, uma boa parcela que aposta no empreendedorismo digital.

    O mundo digital abriu espaço para uma nova forma de atividade que conquistou quem queria ser o próprio chefe, mas não tinha capital para investir em uma estrutura física. Esse tipo de negócio mostra que, mais uma vez, a internet é uma fonte de oportunidades para quem sabe utilizá-la bem

    Tem um espírito empreendedor e já está pensando em como viabilizar a sua ideia? Descubra o maravilhoso mundo do empreendedorismo digital e veja por que essa pode ser uma saída para transformar o seu negócio em realidade.

    O que é empreendedorismo digital?

    Empreender digitalmente é, de uma forma resumida, ter um negócio online. A empresa em questão pode comercializar produtos ou serviços através da internet, sem que o cliente precise de deslocar.

    Existem empreendimentos que nascem e funcionam essencialmente de forma digital e outros que converteram-se ao mundo online. 

    Muitas grandes marcas e redes, com sucursais instaladas em diversas cidades, optaram por fazer vendas online também. O objetivo é chegar a um público ainda maior de uma forma mais prática e barata. 

    No entanto, a maioria esmagadora das vendas na internet são feitas por micro e pequenas empresas. O levantamento realizado pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e pelo E-commerce Brasil revelou que 90% das transações são realizadas por negócios com um rendimento anual de até R$ 3,6 milhões.

    Esses dados revelam que, apesar de grandes marcas entrarem na competição, o cenário é dominado pelos pequenos empreendedores. As marcas podem aproveitar o ambiente online para estabelecerem uma relação mais próxima com os clientes e, além disso, beneficiam-se da facilidade em atingir os mais diversos nichos de mercado.

    Um dos grandes exemplos desse tipo de negócio é a Netshoes, que conquistou uma receita bilionária rapidamente vendendo material esportivo pela internet. Existem ainda empresas que vendem cursos online, pessoas que criam sites ou blogs e conseguem monetizá-los com estratégias de Marketing Digital e as plataformas SaaS, que comercializam softwares e outras soluções tecnológicas para outras empresas através da internet.

    Por que tanta gente investe nesse tipo de negócio?

    Se não tivesse tantas vantagens, o empreendedorismo digital não seria cada vez mais bem sucedido. Por isso, existem claramente fatores impulsionadores e um deles é a expansão do acesso à internet no Brasil e no mundo. Segundo os dados mais recentes do IBGE, mais de 70% da população brasileira está conectada.

    Esse é um fator relevante que facilita a logística da criação do negócio, mas também justifica o seu objetivo. Se eu tenho mais pessoas online, mais fácil será encontrar o meu público-alvo, logo, mais pessoas eu conseguirei atingir. 

    Outro ponto importante é a redução drástica dos custos iniciais de abertura e manutenção da empresa. Um loja física, por exemplo, demanda o investimento em uma sede com tudo o que isso implica: locação de sala/ponto comercial, possíveis reformas, contas de água, eletricidade, internet, etc.

    Em um negócio online, essas despesas são descartadas de cara, uma vez que não é preciso ter um local fixo para se trabalhar. Com um computador e uma boa conexão de internet, qualquer lugar pode ser a sede. Claro que existem gastos com registro de marca, de domínio, hospedagem do site, mas nem se comparam com o investimento em uma loja ou sala.

    Por falar nisso, a flexibilidade é outro atrativo desse tipo de negócio. Para que uma venda aconteça, não é preciso estar presente. Com o site funcionando adequadamente, o consumidor pode comprar a qualquer momento e o empresário pode administrar tudo de qualquer lugar, a qualquer momento.

    Como ser um empreendedor sem pensar nos lucros? Impossível! E é por isso que essa é outra vantagem dos negócios online: eles se expandem mais rapidamente. 

    A internet ajuda o produto ou serviço a chegar muito mais longe do que se fosse comercializado apenas offline. Dessa forma, o retorno financeiro é mais rápido.

    Por onde começar

    Não é porque a empresa está instalada online que há menos trabalho ou que tudo é feito de forma mais amadora, antes o contrário. Se você está pensando como ganhar dinheiro na internet, o melhor é começar pelo começo: fazendo uma pesquisa de mercado e um plano de negócios. Muitas empresas entram em declínio antes dos dois primeiros anos porque falta foco e planejamento.

    Desenvolva bem o produto e serviço que quer disponibilizar e identifique para qual nicho ele será direcionado. É importante também pensar em uma estratégia de publicidade que o faça chegar a quem precisa. 

    Enquanto isso, não esqueça também de trabalhar no seu desenvolvimento profissional e pessoal. Um empreendedor está atento às novidades do mercado e é preciso sempre continuar estudando. Nesse ponto, a graduação tem um papel importante. A título de exemplo, um curso na área de Gestão pode trazer uma base interessante para quem quer ingressar de corpo e alma no mundo dos negócios.

    E então, já começou a colocar no papel os insights para o seu negócio online?

    Saiba como crescer profissionalmente com o Unis!

     

    Nível de ensino

    Posts Recentes

    Posts por Tópico

    Veja Todos!
    c86dde3c-4f11-40fd-868c-33c22ea31281-hs_file_upload-Banner-Pós
    c86dde3c-4f11-40fd-868c-33c22ea31281-hs_file_upload-Banner-Vestibular

    Assine para receber atualizações no email!

    Manual do aluno Unis-optimized