Introdução

Não importa se é a primeira, a segunda ou a vigésima entrevista de emprego da sua vida. Esse momento crítico faz você sentir aquele gelo na barriga, começam a vir pensamentos de como se comportar, que postura corporal tomar, qual a roupa certa, quais serão as possíveis perguntas do recrutador…

É, nós sabemos que é um trabalho árduo preparar o psicológico e refletir o nosso melhor frente a quem nos analisa. Principalmente para manter a calma e tentar responder tudo de maneira clara e demonstrando segurança, afinal planejar a sua carreira desde a faculdade é crucial para o seu sucesso.

Pensando em tudo isso, produzimos esse material que irá te ajudar a ficar totalmente preparado para o que pode vir, e sair da entrevista com o emprego na sua mão! Então, bora continuar a leitura!

O que o avaliador observa durante a entrevista?

Ainda que não pareça ser assim, a análise do seu perfil já começa a ser traçada a partir do local por onde seu currículo chega. Isso mesmo que você leu! Dessa forma, o avaliador já consegue ter uma noção sobre seu perfil, todos os detalhes são observados.

Então trate de deixar o seu currículo muito bem feito e turbinado, para chamar a atenção logo de início, ok?

Durante a entrevista, o elemento chave é a calma. Nesse momento ele já avaliou o seu currículo, e vai chegar com uma lista de perguntas preparadas para fazer.

Apesar de algumas parecerem sem sentido, é a partir delas que o avaliador entende sua postura corporal, como você reage a determinadas situações, sua forma de pensar, se você é suscetível a mentir ou se não foi honesto em alguma qualificação colocada no currículo. Portanto seja sempre verdadeiro e chegue preparado.

O que você jamais deve fazer

  1. Usar frases clichê, como citar que seu maior defeito é ser perfeccionista. Seja sincero e chegue preparado para essa pergunta, com uma resposta que não faça seu recrutador revirar os olhos internamente, pensando que você é só mais um que passou pela mesa naquele dia.

  2. Caso seja solicitado que você informe sua pretensão salarial, falar um valor que não é coerente com o mercado atual para aquela função, demonstra despreparo. Faça uma pesquisa, e peça no máximo 30% acima do valor que tem sido pago para o cargo pretendido, ok?

  3. Ser evasivo com as perguntas feitas nunca será bem visto. Responda tudo o que lhe for questionado, da forma mais clara e objetiva possível.

  4. Em hipótese alguma pergunte sobre quando vai poder tirar férias ou se a empresa emenda feriados. Isso é um tiro no pé, daqueles bem fatais.

  5. Você pode ter tido o pior emprego do mundo, porém tenho certeza que você aprendeu alguma coisa com ele. Portanto, nunca fale mal dele para um recrutador, isso mostra ingratidão. E se você falou coisas ruins sobre eles, o que garante que não fará novamente com a nova empresa, se for selecionado para essa vaga que está disputando?

Enfim, num resumão, no primeiro momento ele vai observar se você enquadra no perfil da vaga, analisando sua postura corporal, hábitos, se possui vícios ou utiliza algum tipo de droga, por exemplo.

Já no segundo momento da entrevista, ele vai analisar o seu trabalho anterior, para tentar descobrir como será sua conduta na vaga pretendida. Irá avaliar seu grau de escolaridade e habilidades para saber se é compatível com a exigência do cargo. Sua vida familiar e social também são importantes, a fim de perceber como se relaciona em equipe.

Clicando aqui, você tem um panorama das maiores virtudes e erros focados em carreiras específicas, numa pesquisa feita pela revista Exame!

Quais são os questionamentos mais recorrentes nas entrevistas?

Como você sabe, a parte mais importante de um processo seletivo é a entrevista. Para te ajudar a chegar melhor preparado e com as respostas na ponta da língua, vamos deixar aqui as 20 perguntas mais frequentes, ok?

  1. Quais são os seus pontos fortes?
  2. Quais são os seus pontos fracos?
  3. Por que você está interessado em trabalhar para esta empresa?
  4. Onde você se vê em cinco anos? E em dez anos?
  5. O que só você pode nos oferecer como diferencial para essa vaga?
  6. Cite três pontos que você pode melhorar.
  7. Conte sobre a realização de carreira da qual mais se orgulha.
  8. Conte sobre alguma vez em que você tenha cometido um erro.
  9. Como você ficou sabendo desta vaga?
  10. Fale um pouco sobre sua formação acadêmica.
  11. Descreva-se.
  12. Por que deveríamos contratá-lo?
  13. Por que você está procurando um novo emprego?
  14. Qual a sua pretensão salarial?
  15. Como você lida com a pressão?
  16. O que o motiva para se levantar todos os dias?
  17. Qual o último livro que você leu por diversão?
  18. Quais são os seus hobbies?
  19. Como você reage a críticas?
  20. Você gosta de trabalhar em equipe?

Agora que você já tem um pouco de noção sobre o que podem te perguntar, está na hora de descobrir como se comportar, para que a vaga pretendida seja sua!

Que postura corporal você deve ter durante a entrevista?

Já deu pra ter uma noção de como vai ser o grande dia, não é? Mas para fechar com chave de ouro, existem algumas posturas corporais que devem ser tomadas durante a entrevista, que demonstram seu preparo e controle emocional. Vamos para as dicas:

  1. Mantenha a cabeça ereta o suficiente para demonstrar confiança, mas não tão alta a ponto de parecer arrogante. Um ângulo de 90 graus está perfeito.

  2. Busque o equilíbrio entre olhar nos olhos do recrutador e desviar o olhar. Olhar fixamente para ele, pode parecer agressivo, e deixar que o olhar desviado predomine, passa uma mensagem de desinteresse.

  3. Evite gestos que demonstrem nervosismo ou angústia, como levar a mão na boca ou esfregar as mãos, repetidas vezes.

  4. Sorrir é recomendado, mas de forma que demonstre segurança, descontração e indique uma feição positiva. Rir além da conta, tira pontos de sua entrevista.

  5. Não fique comprimindo os lábios, demonstram nervosismo.

  6. Mantenha a sua postura ereta, mas com naturalidade, ficar com as costas duras transmite impressão de artificialidade.

  7. Não se sente na pontinha da cadeira, isso diz ao recrutador “Acabe com isso logo, quero ir embora”.

  8. Ser descontraído não significa pensar que você está no sofá de casa, portanto comporte-se, ou vão pensar que você não dá importância para a conversa.

  9. Pernas e braços cruzados, passam sinal de resistência, então tente mantê-los abertos.

  10. Tente manter os seus pés tranquilinhos no chão, sem ficar batendo ou movimentando rapidamente, isso é associado a ansiedade. Direcioná-los para a porta também indica vontade de sair de lá correndo.

Tendo em vista todas essas dicas e chegando preparado para as perguntas que, provavelmente serão feitas para você, não tem como dar errado!

Conclusão

Agora que você já se tornou um expert em entrevistas, não tem mais porque temer esse momento importante na vida de quem entra para o mercado de trabalho.

Não serão poucos os lugares pelo qual você irá passar, principalmente porque, eu tenho certeza de que você quer crescer profissionalmente e enfrentar novos desafios. Então mantenha o pensamento positivo e continue correndo atrás dos seus objetivos, eles é que darão sentido à sua profissão e mostrarão o seu propósito de vida.

Se ficou qualquer dúvida, ou se procurou sobre algum assunto e não encontrou no nosso blog, é só deixar um comentário ali embaixo no box.

Se você ainda não escolheu a melhor profissão para você, nós temos um textinho perfeito para te ajudar a descobrir em quais carreiras o seu perfil se enquadra.

Esperamos que tenha gostado desse material.

Até a próxima!