Introdução

Em algum momento da sua vida você com certeza já ouviu falar da acupuntura, acertei? Então, como você sabe, ela traz muitos benefícios não só para dores, mas também no relaxamento corporal e no controle da ansiedade.

Na maioria das vezes, a maior barreira para quem pretende utilizar dessa técnica são as agulhas. O medo de sentir dor e até a aicmofobia (fobia de agulhas), fazem com que muitas pessoas deixem de usufruir dessa prática maravilhosa. Mas você sabia que existe outra opção, com os mesmos benefícios, para quem tem esses temores?

Se ficou curioso e quer saber mais sobre esse processo medicinal muito utilizado por esteticistas e outros profissionais, bora continuar essa leitura!

O que é a Moxabustão?

De forma bem enxuta, a moxabustão se define como uma técnica milenar chinesa que derivou a acupuntura com agulhas. Isso mesmo, ela surgiu antes da prática que utiliza a agulha, de acordo com materiais históricos.

Faz parte das terapias alternativas e consiste no aquecimento dos meridianos, quase os mesmos onde normalmente são inseridas as agulhas, com exceção de alguns, de forma a estimulá-los para trazer conforto nas mais diversas áreas que se encontram com alguma irregularidade energética.

Existem duas formas de aplicação, uma com contato e outra sem. Ambas não provocam queimaduras na pele, isso precisa estar claro. O calor proporcionado tem temperaturas suportáveis ao corpo e o material usado é próprio para isso.

Para realizar esse trabalho, utiliza-se a moxa, que dentre as mais diversas formas, apresenta como mais utilizadas as de charuto de folha de Artemísia (técnica indireta) ou o cone, feito também à base de Artemísia (técnica direta).

A diferença entre eles é que com o cone, é possível aquecer mais de um ponto ao mesmo tempo, enquanto com o charuto, é necessário aquecer um ponto de cada vez.

Porém, para quem está começando a aplicar essa terapia, é indicado o charuto, já que é mais fácil para o profissional controlar o tempo de exposição. Beleza?

Quais são os benefícios da acupuntura sem agulhas?

Se aplicada por profissionais qualificados e preparados para isso, os benefícios são vários, e ajudam em diversas coisas, muitas das quais nem imaginamos, como no auxílio a gestantes em que o bebê não se encontra em posição correta.

Com a moxabustão, em grande parte dos casos, o bebê se alinha, podendo nascer de parto normal. Entre os benefícios que a prática apresenta, podemos listar os seguintes:

  1. Eleva a produção de leucócitos: após oito horas, os níveis de glóbulos brancos aumentam e mantêm-se elevados por até cinco dias, o que melhora a imunidade.
  2. Eleva a produção de hemácias: a moxabustão direta, diária, por dois meses, aumenta os níveis de glóbulos vermelhos, o que eleva a quantidade de nutrientes circulando pelo corpo.
  3. Estimula a circulação sanguínea e linfática: o calor liberado pela moxabustão dilata os vasos periféricos, aumentando o fluxo sanguíneo que consegue chegar aos pontos corporais com mais facilidade, levando mais hemácias e leucócitos.

A moxabustão costuma ser bastante eficiente, e também pode ser mesclada com a acupuntura, mas aí vai do profissional escolhido, que saberá te dizer o que será mais eficaz no tratamento de cada coisa.

Das indicações da moxabustão podemos citar:

  1. Redução das dores musculares e crônicas;
  2. Relaxamento físico e mental;
  3. Redução do estresse;
  4. Controle da ansiedade;
  5. Auxílio no tratamento de doenças como a depressão;
  6. Melhora o sistema digestivo, reduzindo a incidência de constipação ou de diarréia;
  7. Auxilia a eliminar a insônia;
  8. Ajuda no tratamento de dores nas articulações;
  9. Ajuda no tratamento de doenças respiratórias como sinusite e asma;
  10. Melhora problemas menstruais, como a cólica;
  11. Auxilia no tratamento de enxaqueca.

Viu só quanta coisa? Mas é importante frisar: escolha profissionais qualificados para obter resultados reais e desejados. Esse é um detalhe que faz toda a diferença.

Qual é o curso mais indicado para trabalhar com essa técnica?

Essa é uma atuação profissional que ainda não é regulamentada, portanto em teoria, uma pessoa graduada em qualquer curso pode se especializar e passar a oferecer sessões de acupuntura e moxabustão.

Porém, visto que estamos tratando o corpo de uma pessoa, é essencial ter certo conhecimento sobre anatomia e matérias afins, de forma que seja possível localizar os meridianos corretamente, sem ocasionar efeitos colaterais indesejados.

Dessa forma, o curso de estética é um forte indicado e aliado, visto que prepara o profissional para aplicar várias outros procedimentos corporais que envolvem tais pontos e podem contribuir no resultado final, como a massagem relaxante e a ventosaterapia.

Outros cursos como fisioterapia, enfermagem, nutrição e psicologia também conseguem utilizar desses conhecimentos para contribuir no tratamento dos pacientes.

Outra curiosidade, é que essa sabedoria milenar também tem contribuído na profissão dos veterinários, que têm atribuído aos tratamentos terapêuticos dos bichinhos a moxa e a acupuntura.

Trabalhe com o que gosta e nunca precisará trabalhar!

Trabalhar com pessoas, principalmente que passam por algum período de dor ou angústia não é tão simples. É necessário ter calma, paciência e muita dedicação nos estudos para estar antenado sempre.

É importante que você também fique ciente de que nem todo mundo acredita que esses tratamentos podem contribuir e auxiliar na cura de doenças ou dores. Mas fique tranquilo, isso é só a falta de conhecimento falando mais alto, ta? Tenha jogo de cintura para driblar os haters e seguir pleno(a) no seu caminho!

É como o sábio Confúcio disse, trabalhe com o que gosta e não terá de trabalhar um dia sequer na vida. E não é a mais pura verdade? Então se as terapias complementares te enchem os olhos, te fazem feliz, corra atrás disso!

Comece escolhendo uma boa faculdade de estética e cosmética, busque sempre mais conhecimento, se possível procure trabalhar em clínicas especializadas para já ir pegando o jeito da coisa e no final a sua dedicação será convertida em forma de sucesso!

Esperamos que esse material tenha te ajudado a olhar com carinho para  o curso de estética e a se decidir pela carreira que pretende seguir.

Qualquer dúvida ou sugestão, não esquece de chamar a gente no campo de comentários! Até a próxima!