Conheça as possibilidades de atuação para o engenheiro mecânico

Introdução

Responsável por cuidar do desenvolvimento de projetos, construção, análise, operação e manutenção de sistemas mecânicos, a Engenharia Mecânica é o ramo da engenharia que habilita profissionais a projetar e desenvolver motores, veículos, máquinas e sistemas termodinâmicos para todo tipo de indústria.

Diferente da atuação do engenheiro mecatrônico, cujo foco é voltado à tecnologia e ao desenvolvimento de robôs e inteligência artificial, utilizados nos mais diversos segmentos, o engenheiro mecânico, além de desenvolver e projetar máquinas e sistemas, também pode atuar em pesquisa de tecnologias de ponta, liderar equipes de produção e manutenção, atuar no controle de qualidade, projetar usinas e fábricas.

Com um campo de atuação vasto, o engenheiro mecânico é essencial para o desenvolvimento econômico do Brasil. 

No texto de hoje falaremos um pouco mais sobre as diversas possibilidades de atuação para o engenheiro mecânico, abordando desde os mercados tradicionais até as novas oportunidades e tendências criadas pela nova economia.

Uma profissão necessária

Um levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) prevê que até 2020 o Brasil irá necessitar de algo entre 600 mil e 1,15 milhão de profissionais da engenharia, incluindo engenheiros mecânicos.

Máquinas e equipamentos, pesquisa e desenvolvimento, processos, projetos e vendas técnicas. Estas são algumas das ferramentas com as quais um engenheiro mecânico pode trabalhar. As funções desse profissional vão desde a área de bens de capital às indústrias automobilística e aeronáutica, que oferecem ótimas oportunidades de trabalho.

Os engenheiros mecânicos podem atuar também na área de energia, particularmente na exploração de petróleo, no desenvolvimento de máquinas e equipamentos para perfuração de poços e transporte de fluidos, na criação de mecanismos de armazenamento e distribuição de energia, com o uso de sistemas nucleares, geotérmicos, solares e eólicos.

5 exemplos de atuação para o engenheiro mecânico

  • Indústria Metalúrgica: na indústria, o engenheiro é responsável por realizar e conduzir projetos, organizar a produção, gerir suprimentos e recursos, comandar equipes e até mesmo gerenciar setores de projeto, podendo chegar, ao longo da carreira, a assumir postos de direção;
  • Indústria Petroquímica: neste tipo de indústria, o engenheiro mecânico pode desenvolver projetos que envolvam bombeamento, refino, processamento e distribuição de produtos petroquímicos, ser responsável por equipamentos da planta ou atuar na gestão de equipes;
  • Indústria Automobilística: o engenheiro mecânico ganha espaço na indústria automobilística em praticamente toda a cadeia de produção, indo desde a gestão de produção, passando por projeto de componentes, sistemas de refrigeração, motores, suspensão e carroceria e chegando à gerência de projetos e direção geral;
  • Bancos: engenheiros são solicitados nos bancos em áreas de análise de investimentos. A característica de forte formação matemática somada à grande capacidade de análise e síntese do engenheiro, torna-o um excelente analista de mercado;
  • Setor Público: No setor público, o engenheiro mecânico ganha lugar em prefeituras e governos estadual e federal, auxiliando no desenvolvimento regional, através de seus conhecimentos de projeto e gestão e atuando em setores de fiscalização e condução de obras.

Reunindo uma grande capacidade de raciocínio lógico, conhecimentos matemáticos e poder de síntese e análise, o engenheiro mecânico tem ao seu dispor inúmeras possibilidades de carreira e atuação no mercado de trabalho.

Alta demanda e falta de qualificação

No Brasil, a maior incidência de vagas para a área da Engenharia Mecânica está na região sudeste, com destaque para São Paulo e Rio de Janeiro que possuem unidades de grandes montadoras de automóveis, como por exemplo, a Toyota em Sorocaba.

Segundo uma pesquisa repercutida pela revista Exame, em 2016, há uma carência mundial de profissionais qualificados para atuarem na área da Engenharia, com destaque para os segmentos da Engenharia Mecânica, Elétrica e Civil.

No Brasil esta é a oitava profissão em que mais sobram vagas por falta de mão de obra qualificada. Além da tendência de rápida absorção pelo mercado, há ainda o atrativo financeiro: em média, o salário em Engenharia Mecânica, segundo a Catho, chega a quase R$ 7 mil.

Especialização para engenheiros mecânicos

Em um cenário no qual o mercado de trabalho está necessitado de profissionais, porém os profissionais não estão adequados às demandas do mercado, é essencial que o aluno formado em Engenharia Mecânica busque se qualificar a fim de desenvolver as capacitações exigidas pelo cenário atual.

Nessa questão, o engenheiro mecânico possui ao seu dispor diversas opções de especialização, capazes de apresentar novos conceitos e capacidades específicas para o profissional formado. Veja algumas dessas opções:

Análise e Projeto Mecânico

Reunindo conhecimentos de Mecânica do Contínuo e Ciência dos Materiais, essa especialização está voltada à proposição de modelos matemáticos que descrevem os fenômenos envolvidos, e ao desenvolvimento e à utilização de métodos numéricos de simulação de problemas fundamentais do comportamento mecânico de sólidos e estruturas, e na aplicação às etapas de projeto e verificação de projetos de sistemas mecânicos.

Engenharia e Ciências Térmicas

Reunindo conhecimentos de termodinâmica, mecânica dos fluidos, transferência de calor e suas aplicações, a especialização explora a interpretação dos fenômenos físicos envolvidos, a proposição de modelos matemáticos que os descrevam, e o desenvolvimento de métodos que permitam a solução de problemas fundamentais e aplicados, no domínio acadêmico como no setor industrial.

Fabricação

Essa especialização contempla a integração dos processos de manufatura e adequação da estrutura produtiva aos seus fins, otimizando tempos e recursos, utilizando as mais recentes tecnologias de fabricação. As pesquisas e trabalhos desenvolvidos nessa área distribuem-se por domínios tão diferentes quanto processos de soldagem, gestão da produção, tecnologia da usinagem, conformação, fabricação de componentes injetados, desenvolvimento de hardware, automatização de processos, entre muitos outros.

Metrologia e Instrumentação

Contempla a concepção, avaliação e aplicação de instrumentos e sistemas de medição nas várias atividades experimentais de cunho científico e industrial. Contempla também a gestão da garantia da confiabilidade metrológica laboratorial e industrial.

Projeto de Sistemas Mecânicos

Estuda métodos e processos para o desenvolvimento de produtos de forma rápida, com baixo custo e alta qualidade. Os desenvolvimentos teóricos servem como base para o aprimoramento de diversas ferramentas de apoio à atividade de projeto, e estas são utilizadas no desenvolvimento de vários produtos, principalmente na forma de máquinas e implementos.

Vibrações e Acústica

A caracterização de materiais atenuadores, desenvolvimento de métodos dinâmicos de neutralização de vibrações, identificação de fontes de ruído e vibrações, estudo dos modos de propagação, são alguns dos interesses nessa área de concentração.

Engenheiros qualificados e mercado aquecido

Como se trata de uma profissão bastante abrangente, há boas oportunidades para o engenheiro mecânico em diversas indústrias, como montadoras de automóveis, indústria têxtil e eletroeletrônica. 

Além das oportunidades tradicionais de trabalho, podemos citar também as indústrias emergentes, tais como: petroquímicas, celulose, açúcar, álcool e gás. Tais indústrias vão demandar uma grande quantidade de mão de obra especializada em Engenharia Mecânica.

Para exercer a função de engenheiro mecânico é obrigatório possuir o diploma de bacharel em Engenharia Mecânica em curso reconhecido pelo MEC e obter o registro profissional no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) do estado onde atua.

Esperamos que o texto de hoje tenha apresentado boas opções para os futuros engenheiros mecânicos e esclarecido as dúvidas de todos os interessados nessa área, que como vimos, só tende a crescer cada vez mais!

Até a próxima!

Assine para receber atualizações no email!

Manual do aluno Unis-optimized
blog-unis-2019-2

    Posts por Tópico

    Veja Todos!

    Posts Recentes