15 coisas que todo engenheiro deveria saber sobre a energia solar fotovoltaica!

Introdução
Você com certeza já ouviu falar em Energia Solar Térmica ou Energia Fotovoltaica, e achou que elas eram a mesma coisa, não é? Pois isso é mais comum do que você imagina! Acontece nas melhores famílias até você entender um pouco mais sobre o assunto.

Fontes de energia alternativas tem sido muito buscadas hoje em dia pelas pessoas, apesar do alto valor agregado para realizar a sua instalação. Isso acontece porque como as temporadas de estiagem têm ficado cada vez mais longas, a possibilidade de haver racionamento de energia é grande, e como o plano para diminuir esse consumo sempre é subir o valor do KW/h, a gente abraça o que puder para fazer economia!

Com todos esses fatores, fica fácil entender como a energia solar pode ser a solução dos problemas de muitas pessoas, e se tornar um investimento que se paga facilmente, devido à redução de consumo e de gastos no final do mês com energia proveniente de recursos hídricos, por exemplo, não é?

Então se você se interessa por essa área ou pensa em um dia fazer dessa prática o seu ganha pão, continue lendo para entender mais sobre o assunto!

O que é energia solar?

Antes de qualquer coisa, vamos entender um conceito simples: existem dois tipos de energia, a suja e a limpa. A suja, é que provoca danos ao meio ambiente ou à saúde quando são utilizadas, como o petróleo ou a energia atômica. Já a limpa é o contrário, são energias renováveis e que não causam impacto ambiental quando usadas, como a energia eólica e a própria energia solar.

Agora que já entendemos esses conceitos, podemos falar sobre a energia solar, que como o próprio nome diz, é aquela energia proveniente do sol, especificamente da radiação produzida por ele. Pode ter diversos usos e ser transformada em Energia Térmica ou Elétrica.

Normalmente elas são usadas para aquecer a água, no caso dos aquecedores solares, ou na produção de energia elétrica, que é hoje utilizada somente em casas ou empresas. Não existe uma concessionária que forneça energia proveniente da radiação solar, mas só a título de curiosidade, há possibilidade de vender o que você produziu em casa e não consumiu para a empresa que fornece energia em sua cidade! Show, né?

15 coisas que todo engenheiro deveria saber sobre a Energia Solar

Vamos descobrir agora 15 coisas interessantes que você como engenheiro, futuro engenheiro ou mesmo só por curiosidade deveria saber sobre esse tipo de energia limpa:

  1. A Energia Solar Térmica tem a função parecida com a da Energia Fotovoltaica, mas não são a mesma coisa. Enquanto a Energia Solar Térmica utiliza do calor do sol para aquecer a água e consequentemente reduzir o consumo da energia que a aqueceria, a Energia Fotovoltaica é utilizada exclusivamente para fornecer energia elétrica nas tomadas da casa.
  2. Recentemente surgiu uma opção mais discreta para substituir os painéis solares fotovoltaicos. A empresa Tesla, apresentou ao mundo as telhas solares, que seguem os mesmo princípios das placas de silício, porém com o formato habitual de telha, o que mantém a estética da construção em dia!
  3. Olha que curioso: de toda a radiação solar, 30% retorna ao espaço, os outros 70% são absorvidos pelas nuvens, oceanos e massas da terra. Mesmo nessas condições, a energia que a terra absorve em apenas 1h de radiação, é suficiente para que os seres humanos se aqueçam por um ano inteiro!
  4. Em 2016, o parlamento do Paquistão foi o primeiro a ser completamente movido por energia solar fotovoltaica, depois de um investimento de US$ 55 milhões, que gera por ano uma economia de US$ 1 milhão!
  5. Surgiu uma pesquisa na Índia, que prova a possibilidade de se produzir células fotovoltaicas com o custo 40% mais baixo, usando como matéria prima algumas frutas que apresentam um tipo de pigmento que absorve energia solar. Por não se mostrar tão eficiente frente a célula de silício, elas ainda seguem sendo pesquisadas como fonte de energia barata e sustentável, mas ainda ficarão fora do mercado por um tempo, até conseguirem melhores resultados.
  6. A Energia Solar Fotovoltaica funciona ainda mais quando estamos em tempos de estiagem, porque é nessa época que a radiação solar está mais intensa!
  7. Se o seu equipamento de Energia Solar Fotovoltaica produzir mais do que você usou durante o mês, você garante créditos com a sua fornecedora de energia, que podem ser descontados da sua conta no prazo de até 36 meses.
  8. O sistema fotovoltaico de uma casa pode salvar em média 1200 kg de CO2 por ano que seriam liberados no meio ambiente se a energia fosse produzida por fontes sujas, como as usinas atômicas.
  9. Se conseguíssemos acumular 100% de toda a radiação solar que recebemos durante 3 semanas, ela teria quantidade equivalente a toda a reserva de energia suja que possuímos no planeta.
  10. Os painéis solares de silício tem uma média de vida útil de 25 anos, e perde ao final desse período, em média, 20% de sua absorção.
  11. O Estádio do Mineirão é autossuficiente em energia, seu topo é inteiro coberto com placas de silício, e ele foi o primeiro estádio no mundo a adquirir essa tecnologia! Brasil também é referência, né minha gente!
  12. Hoje as pessoas que trabalham com Energia Solar Fotovoltaica possuem uma associação que coordena, representa e defende os interesses de seus associados quanto ao desenvolvimento do setor e do mercado de energia fotovoltaica no Brasil. Ela se chama ABSOLAR - Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica.
  13. De acordo com estudos realizados pela CEMIG junto da ABSOLAR, Minas Gerais possui um potencial de geração de energia solar muito bom, estando à frente de São Paulo, Rio Grande do Sul e até da Alemanha!
  14. Em março de 2018, o Brasil entrou com pedido para participar da Aliança Solar Internacional – ASI. Ela foi lançada em 2015 na Conferência do Clima em Paris e oficialmente formalizada em 2016, em Nova Delhi, na Índia. Os objetivos dessa aliança são reduzir o custo da energia solar, arrecadar cerca de US$ 1 trilhão em investimentos para a implementação da fonte até 2030 e preparar o caminho para novas tecnologias que usam o sol como matéria prima geradora de Energia. Frente aos outros países participantes, estamos atrasado em 15 anos de tecnologia.
  15. De acordo com a ABSOLAR, hoje o Brasil conta com 23.175 sistemas solares fotovoltaicos conectados à rede, o que gera economia e engajamento ambiental a 27.610 unidades consumidoras, somando mais de R$ 1,6 bilhão em investimentos acumulados desde 2012.

Energia Fotovoltaica, a Energia do Futuro!

Como você pôde ver, a Energia Fotovoltaica está abrindo caminhos nos dias de hoje e avistando um futuro bastante promissor. Além de, estar ajudando a reduzir os impactos ambientais causados pela produção de energia suja e contar agora com o investimento federal no incentivo de novas instalações e na modernização dessa tecnologia.

Se você gostou de saber mais sobre essa área e está pensando seriamente em engatar a sua carreira nessa direção, o curso de Engenharia é para você! Inclusive, se você cursa engenharia ou já é formado, hoje existem cursos de especialização em produção de placas fotovoltaicas, o que pode te ajudar a iniciar a sua empresa e começar a ganhar dinheiro com isso!

Se você ainda não decidiu em qual Engenharia você quer iniciar seus estudos, nós temos um material que explica “tim tim por tim tim” cada uma delas para você se decidir. É só clicar aqui para dar uma olhadinha, ok?

Agora, se você gostou deste material e achou que ele te ajudou a esclarecer algumas coisas, ou mesmo se procurou sobre algum conteúdo e não encontrou em nosso blog, comenta ali embaixo e vamos te responder o quanto antes!

Até a próxima, amigo!

Assine para receber atualizações no email!

Peças_UNIS_Pub e Prop_Insta_1080x1080px
blog-unis-2019-2

    Posts Recentes