Introdução

Decidir em qual campo de estudo vamos nos dedicar na faculdade é um dos passos mais difíceis para todo estudante. Pensar nas matérias que temos mais afinidade frente aos cursos que sonhamos em fazer nem sempre é um processo rápido, e às vezes um empurrãozinho profissional é necessário.

Se você já passou por essa fase, descobriu que seu lugar é na área de humanas e já entende que o seu perfil é perfeito para atuar com o ensino, você chegou ao lugar certo!

Nesse artigo você vai entender sobre o curso e o profissional de letras e de pedagogia, descobrir as particularidades de cada um deles e de quebra compreender qual se encaixa melhor com o seu perfil! Então continue essa leitura riquíssima! 😉

O curso de Pedagogia

O curso de pedagogia tem um leque bastante diversificado de trabalho. Num geral, o formando poderá escolher entre atuar na área de gestão escolar ou lecionando matérias variadas, sendo que essas áreas apresentam subdivisões que oferecem as seguintes opções de práticas profissionais:

Administração escolar: gerenciar a parte financeira dos estabelecimentos de ensino, os recursos humanos e os materiais.

Ensino: curte dar aulas? Ao se formar em pedagogia você poderá lecionar da educação infantil até as cinco primeiras séries do ensino fundamental, além de também poder da aulas na alfabetização de jovens e adultos.

Coordenação pedagógica: sabe o coordenador da sua escola? Então, você pode assumir esse papel ao se formar nesse curso. Sua responsabilidade será acompanhar, orientar e avaliar os professores, a rotina da escola e o processo de aprendizagem dos alunos.

Educação especial: essa área é para quem sente aquele amor gigante em educar sem deixar que as limitações sejam empecilhos ou barreiras no aprendizado. O pedagogo que optar por trabalhar nessa profissão, poderá além de lecionar, desenvolver material didático e ministrar aulas para portadores de necessidades especiais.

Orientação educacional: nessa área, você poderá dar assistência a estudantes que têm dificuldade de aprendizado ou que apresentam algum comportamento não habitual. Seu dever será ajudar na melhoria do processo de aprendizado por meio de métodos pedagógicos e psicológicos.

Pedagogia empresarial: o profissional dessa área irá trabalhar na maioria das vezes junto ao RH de empresas, em parceria com ONGs ou outras instituições. Sua tarefa será desenvolver e implantar projetos educacionais e culturais.

Pedagogia hospitalar: é uma realidade um tanto triste, mas doenças graves que acometem crianças e necessitam de internação longa acabam prejudicando a aprendizagem delas, por não poderem frequentar escolas. O profissional que opta por trabalhar com a pedagogia hospitalar vem para mudar essa realidade e atuar com processos educativos de crianças e jovens que se encontram nessa realidade.

Produção de livros: esse é o lugar para quem gosta de escrever. Nessa profissão você poderá elaborar livros infantis e material didático para o Ensino Fundamental.

Supervisão educacional: aqui você irá lidar diretamente com o corpo docente escolar. Seu dever nesta área será orientar professores e educadores e também avaliar o trabalho deles, no intuito de melhorar a qualidade do ensino.

O que vou estudar nesse curso?

O estudante de Pedagogia passará por matérias variadas que o tornarão apto para desenvolver as atividades que falamos acima.

Sua grande maioria é voltada para o aprendizado de metodologias específicas, técnicas de aprendizagem, estrutura e funcionamento do sistema de ensino, novas tecnologias educacionais e também de gestão.

Além das matérias presentes no currículo do curso, você ainda terá algumas disciplinas optativas. Lembre-se também que para se formar, obrigatoriamente você deverá realizar estágio.

Das aulas presentes na matriz curricular, as principais são:

  • Desenvolvimento psicomotor e aprendizagem
  • Tecnologia da informação e comunicação na educação
  • Comunicação e expressão
  • Literatura infantil
  • Didática e planejamento
  • Fundamentos da psicologia
  • Fundamento linguístico para a alfabetização
  • Língua brasileira de sinais – Libras
  • Alfabetização e letramento
  • Educação especial inclusiva
  • Gestão da inovação e criatividade
  • Gestão escolar: supervisão e orientação
  • Políticas e legislação da educação básica

O profissional de Pedagogia

O pedagogo é um dos principais pilares da educação. Isso é uma grande responsabilidade e exige muito comprometimento consigo e com os demais aos quais você irá gerenciar ou lecionar.

Com tanta mudança acontecendo no cenário educacional como a adição de tecnologia que está cada vez mais presente no ensino, disciplinas à distância, cursos online, entre outros, a pessoa que busca essa profissão precisa ter entre suas qualidades a proatividade e uma boa receptividade pelo novo.

Além dessas características o pedagogo também precisa ter inserida como parte da sua personalidade coisas como:

  • Gostar de lidar com pessoas;
  • Ser comunicativo;
  • Gostar de absorver conhecimento sobre assuntos variados;
  • Ser comprometido, otimista e apostar numa mudança geral de pensamento (para melhor) por meio da
  • educação das novas geraçõe;
  • Gostar de aprender sempre mais;
  • Ser criativo;
  • Conseguir superar preconceitos e barreiras;
  • Ser estrategista;
  • Gostar de ensinar;
  • Ser paciente e compreensivo;
  • Não se deixar levar pelas emoções e demonstrar sempre imparcialidade frente às variadas situações do cotidiano.

Esse curso pode ser encontrado nas modalidades presencial e à distância.

O curso de Letras

Se você é uma pessoa que curte fazer análises literárias, produção de textos e tradução, esse curso vai ser um sonho lindo na sua vida! Ao selecionar o curso de Letras como sua opção principal, além de se especializar nessas áreas que falamos acima, você também poderá desenvolver pesquisa sobre a evolução e o uso dos idiomas.

Das áreas que esse profissional poderá desenvolver sua profissão, incluem-se:

Ensino escolar: aqui o profissional poderá atuar lecionando aulas de português, literatura e de língua estrangeira caso tenha formação especializada na língua. O maior empregador do profissional são as escolas públicas e privadas, mas escolas de idioma, cursinhos pré-vestibulares e atuação como professor particular também são um nicho interessante.

Ensino empresarial: com toda a globalização, a constante necessidade de exportação de profissionais brasileiros ou a importação de multinacionais no país, têm criado a necessidade de profissionais focados no ensino de idiomas voltados para a parte técnica e corporativa. Com isso, a procura por esse graduado para lecionar idiomas dentro de empresas tem sido crescente.

Revisor: para quem gosta de ler, esse pode ser “o canal”! Nessa área, o profissional trabalhará revisando textos de diferentes plataformas, sejam elas online ou offline. Essa correção normalmente se foca em analisar o uso correto da ortografia, de concordância, regência, acentuação e erros de digitação. O trabalho pode ser desenvolvido de forma autônoma ou em editoras por exemplo.

Tradutor: Nessa área, você poderá atuar realizando traduções de textos técnicos e acadêmicos. Hoje com o “bum” de novas plataformas como as de streaming, esses profissionais são requeridos também na tradução de filmes, séries estrangeiras, desenhos animados e também de softwares

Roteirista: o setor audiovisual pode ser uma opção para você que tem uma mente pulsante e criativa. Nessa área você poderá realizar produção de roteiros diversos.

O que vou estudar nesse curso?

O curso de letras oferece modalidades diferentes de acordo com cada universidade que a oferece. Algumas disponibilizam a oportunidade de o aluno optar logo no vestibular por um ou mais idiomas ao qual deseja se especializar; em outras, ele poderá escolher após o ciclo básico.

Para se formar será necessário cumprir estágio obrigatório e entregar trabalho de conclusão de curso.
Das matérias que estão presentes na grade curricular, as principais estão:

  • Teoria literária
  • Semântica
  • Fonologia
  • Língua portuguesa
  • Literaturas portuguesa e brasileira
  • Psicolinguística
  • Língua brasileira de sinais – Libras
  • Linguística textual
  • Políticas, gestão e legislação na educação básica

Lembrando que essa modalidade de curso pode ser encontrada nas modalidades presenciais e a distância!

O profissional de Letras

Assim como o pedagogo, o profissional de letras que também estará envolvido com a área educacional precisará desenvolver algumas características que estão intrínsecas ao perfil do letrólogo.

Além de ser uma pessoa muito atenta aos detalhes, ele também precisa:

  • Gostar de ler;
    Ter uma ótima interpretação de texto;
    Ser apaixonado e conhecedor da gramática;
    Ter facilidade em aprender línguas pode ser favorável;
    Buscar sempre estar inteirado sobre novidades e mudanças das línguas;
    Ser paciente;
    Ter facilidade em ensinar;

Duas profissões e várias possibilidades!
Se decidir entre pedagogia e letras pode ser uma tarefa difícil para você que é apaixonado em ensinar. Uma dica é se ater ao que as diferencia (enquanto uma foca no ensino e/ou gestão escolar geral a outra se atém à literatura e ensino de línguas) e escolher pelo que você tem mais afinidade.
Lembrando que ao realizar uma graduação em Letras Português-Inglês por exemplo, você não se formará falando fluentemente esse idioma. O curso irá te apresentar a língua e a cultura de forma geral, porém conhecimentos mais profundos deverão ser buscados além da faculdade, ok?
Esperamos que esse material tenha sido útil e consiga te ajudar a decidir entre essas duas carreiras brilhantes. Ah, e se você busca iniciar a sua graduação esse ano, tenho aqui algumas dicas super bacanas de formas interativas para você estudar e se dar bem!
Se curtiu, não deixe de compartilhar com seus amigos, pode ser que eles estejam passando pela mesma situação de dúvida que você!
Te espero aqui em breve para mais uma leitura interessante para a sua formação!