Introdução

Como você deve saber, a instabilidade do país tem deixado as coisas bem caras por aqui. Com isso, nada melhor do que encontrar formas de economizar e reciclar o que já possuímos, não é mesmo? Mas você sabia que tem como reaproveitar também os alimentos?

Isso mesmo, com a criatividade e conhecimento de gastrônomos espalhados por todo o mundo, é possível encontrar várias receitinhas que reaproveitam cascas, e outras partes que normalmente jogamos fora!

Pretende se tornar um chef? Cozinhar é um hobbie e você ama aprender sobre esse assunto? Então vem com a gente nesse texto recheado de receitas gostosas e dicas preciosas para não desperdiçar nada!

Como assim economizar com reaproveitamento de alimentos?

Pode soar meio estranho quando dizemos que vamos reaproveitar alimentos. Mas se pararmos pra pensar, é só falta de costume. Ao redor do mundo pessoas comem tantas coisas exóticas que beiram ao nojento para nós, enquanto que para eles é algo normal.

Então porque reutilizar uma casca seria tão louco assim, não é? Claro que nem tudo vai dar pra aproveitar, mas itens como cascas, talos, folhas e sementes quase sempre vão conseguir um espacinho no meio das refeições.

Quer saber quais são os benefícios de aderir a essa prática? Sem contar o fato de fazer o seu dinheiro das compras render mais, utilizar o máximo do alimento também contribui para enriquecer sua alimentação nutricionalmente.

Aqui embaixo você tem algumas dicas do que pode ser aproveitado:

  1. Talos das hortaliças: contêm polifenóis mais altos que a parte que costuma ser consumida. O talo de agrião, por exemplo, tem sabor picante e pode acompanhar carnes ou ser recheio de bolinhos e pastel. Já os talos de brócolis e de couve podem rechear pizza ou pastel, serem preparados como purê, creme, ou mesmo virem picadinhos cozidos em uma farofinha!
  2. Casca e semente de abóbora: a casca de abóbora é rica em fibras, vitamina C e em proteína, a chamada Pr-2, um antifúngico poderosíssimo. Para utilizá-la basta fervê-la bem. Uma opção é usar a casca para enriquecer o arroz ou em saladas. As sementes de abóbora são ricas em fibras, proteínas, potássio e lipídios. Após serem retiradas, podem ficar secando no forno ou ao sol. Sequinhas caem bem como acompanhamento em saladas ou como aperitivo.
  3. Casca de banana: contém até duas vezes mais vitaminas A, C e potássio do que a polpa, além de vitaminas do complexo B e fósforo. A casca pode ser utilizada na produção de bolos, geleias e até mesmo se tornar um acompanhamento, recheio ou prato principal numa refeição.
  4. Casca de maracujá: aquela partezinha branca que vai pro lixo é rica em pectina, fibra que ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim no sangue. Também é fonte de ferro, cálcio e fósforo. Pode ser usada para fazer farinha (ótima para emagrecer por ajudar a provocar saciedade), além de contribuir na prevenção de diabetes tipo 2.
  5. Casca de laranja: fonte de fósforo, cálcio, fibras e carboidratos, pode ser usada em molhos e na preparação de doces.
  6. Folha de beterraba: possui 17 vezes mais vitamina C do que a polpa do legume. Pode ser consumida crua em saladas ou refogada com os seus temperinhos preferidos.
  7. Rama de cenoura: rica em vitamina C, carotenóides, ferro e cálcio. Fica bem gostoso em molhos para massas, refogado ou apenas cozido.

Viu só quanta coisa? Sem contar que é possível dar uma variada na cozinha, aprender pratos novos, chamar os amigos para provarem e depois ficar vendo a cara de espanto deles quando descobrirem os ingredientes que deixaram aquele sabor tão gostoso!

E para não te deixar na mão e atiçar ainda mais para fazer um curso de gastronomia (que te ensina tudo isso e muito mais), bora aprender umas receitinhas?

Me dê alguns exemplos?

Se você ficou curioso para pôr a mão na massa, estamos aqui para você não passar vontade. Confira aqui embaixo algumas receitas bem fáceis. Ah, e não se esqueça que para pegar mais exemplos, é só dar uma buscada no google!

Pão de casca de banana

Ingredientes:

6 bananas inteiras com cascas;

1 xícara (chá) de água;

1/2 xícara de óleo;

1 xícara de leite;

1 ovo;

30g de fermento fresco (para pão);

1/2 kg de farinha de trigo;

1 pitada de sal;

1 colher (sopa) de açúcar;

Modo de Preparo: após lavar e picar as cascas de banana, bata-as com a água no liquidificador. Junte o óleo, o leite, o ovo e o fermento e bata mais. Transfira a mistura para uma tigela e acrescente aos poucos a farinha e o açúcar. Por último, acrescente à essa massa as bananas em rodelas e o sal. Deixe crescer até dobrar de volume e leve para assar em forno pré-aquecido até dourar.

Suco de casca de abacaxi com capim cidreira

Ingredientes:

Cascas de 1 abacaxi, bem lavadas em água corrente;

1 xícara (chá) de capim cidreira;

1 litro de água;

Açúcar a gosto (opcional);

Modo de preparo: bata no liquidificador as cascas de abacaxi, o capim cidreira e a água. Coe e adoce a gosto.

DICA: Você ainda pode usar o bagaço para fazer uma geléia.

Doce de casca de laranja (kri-kri)

Ingredientes:

Cascas de 2 laranjas;

2 colheres (sopa) de açúcar;

2 colheres (sopa) de farelo de trigo torrado

Modo de preparo: corte as cascas em tirinhas de meio centímetro e deixe de molho, trocando a água a cada duas horas, até perderem o amargo. Derreta o açúcar no fogo e acrescente as cascas já enxutas. Quando começar a engrossar a calda, acrescente o farelo de trigo. Mexa até açucarar. Deixe esfriar e guarde em latas.

Risoto de casca de abóbora

Ingredientes:

1 cebola grande picada;

Cascas de 1 abóbora, bem lavada e ralada;

1 xícara (chá) de água;

1 pimentão picado;

3 xícaras (chá) de arroz cozido;

1/2 caixinha de creme de leite;

1/2 copo de requeijão;

Cheiro verde a gosto;

Sal e shoyu a gosto

Modo de preparo: refogue a cebola em uma panela. Adicione a casca de abóbora ralada e a água e deixe cozinhar por 10/15 minutos. Acrescente o pimentão e refogue bem. Aos poucos, coloque o arroz já cozido, alternando com o creme de leite e o requeijão. Por último, tempere com cheiro verde, sal e shoyu a gosto.

Assado de casca de chuchu

Ingredientes:

3 xícaras (chá) de cascas de chuchu, lavadas, picadas e cozidas;

1 xícara (chá) de pão amanhecido molhado no leite;

2 colheres (sopa) de queijo ralado;

1 cebola pequena picada;

1 colher (sopa) de óleo;

2 ovos batidos;

Cheiro verde e sal a gosto.

Modo de preparo: bata as cascas de chuchu cozidas no liquidificador. Em uma tigela, misture-as com os demais ingredientes. Leve para assar em um pirex untado. Sirva quente.

Tira-gosto de casca de batata

Ingredientes:

Cascas de batatas;

Óleo para fritar;

Sal a gosto.

Modo de preparo: lave e seque bem as cascas de batata. Frite-as em óleo quente até ficarem douradas e sequinhas. Tempere com sal e pronto.

DICA: Sementes de abóbora preparadas da mesma forma também ficam uma delícia.

O céu é o limite, bote a caixola para funcionar!

Bom, agora que você já teve algumas dicas de como fazer o reaproveitamento de alimentos, nada de ficar parado, em? Bote a cabeça para funcionar. Pense em tudo o que você tem jogado fora no seu dia a dia e comece a enxergar novos destinos para o que for possível utilizar.

Crie suas próprias receitas, busque por novas, peça ajuda a quem já faz uso dessa prática, pesquise grupos no Facebook… As possibilidades são muitas e só depende de você.  Ah, e se quer saber mais sobre isso, não posso deixar de te indicar o curso de Gastronomia.

Além de te ajudar a entender sobre a harmonia dos pratos, também te ensinará técnicas para reaproveitar esses alimentos, novos pratos e coisas que você vê aqueles chefes famosos fazendo na TV e morre de vontade de fazer igual!

Então se a sua paixão é estar na cozinha fazendo pratos deliciosos, corra atrás desse sonho. Afinal de contas, é da sua felicidade que estamos falando, e nada nos traz mais alegria do que fazer o que a gente gosta!

Ficou interessado em se graduar em Gastronomia? Gosta de praticar a culinária por hobby? Ótimo, porque eu trouxe aqui um material bem bacana para te falar um pouco mais sobre o curso e tenho certeza de que vai gostar.

Esperamos que você tenha curtido esse texto e que ele tenha te ajudado a enxergar melhor o seu objetivo! Qualquer dúvida, é só chamar!

Até a próxima!